O conteúdo é o sal, a fotografia é a pimenta

Primeiro vamos deixar algumas coisas bem claras: fotógrafos são os profissionais que estudaram e dominam lentes, luz e ângulos, como ninguém, ok? Se você gosta de captar imagens, usar o photoshop ou abusar dos filtros de aplicativos como o Instagram, isto te faz um entusiasta da fotografia, aquele amante que constrói imagens bacanas, mas sem conhecimento formal. Qual a diferença? Se você escolher um profissional, as suas chances de obter um ensaio coeso e com imagens de qualidade – independente da luz, das cenas e do tempo – serão infinitamente maiores. No entanto, obviamente também existe a possibilidade de você curtir o estilo de fotos daquele fotógrafo amador e requisitar um ensaio semelhante. Independente do caminho escolhido, a questão é entender como essa série de fotos poderá tornar o seu destino mais interessante.

Num tempo em que todo mundo compartilha as fotos de suas viagens, não é mais impossível encontrar imagens de locais turísticos menos concorridos. A prática facilitou, por exemplo, que ferramentas gratuitas como o Flickr abrisse espaço para verdadeiros álbuns feitos e alimentados por anônimos, fotógrafos ou não. Mas por mais que seja interessante ter pessoas espalhadas por aí ajudando, de maneira espontânea, na promoção do seu produto ou marca, você não concorda que o melhor conteúdo fotográfico deveria pertencer ao seu site, tendo assim, em suas mãos, o controle da qualidade de suas promoções? Pense nisso. Surpreender pode ser o seu maior segredo.

Foto: Tetsumo

Deixe uma resposta

css.php